COZINHAS DO MUNDO – PISCO SOUR (PERU)

Esta bebida famosa no Chile e no Perú é talvez das nossas preferidas da viagem. O Pisco Sour é fresco, tem um tamanho aceitável e o grau alcoólico é tolerável.

Pisco é o nome de uma cidade no litoral peruano, o que traz problemas entre os dois países sobre a utilização do termo. O Peru quer a exclusividade do termo para a aguardente de uvas produzida na cidade de Pisco, tal como funciona com o Champagne, ou seja, quer que seja uma denominação de origem. O Chile defende que pisco se deve referir ao tipo de aguardente, tal como dizemos vinho ou whisky, ou seja, quer uma denominação genérica.

Não nos interessa quem tem razão, o certo é que é uma bebida que nos tem acompanhado na viagem, apesar de já a conhecermos de Portugal.

Se pisco é a aguardente feita de uva, pisco sour é o cocktail mais famoso feito com pisco. É um cocktail oferecido em vários tours em formato de shot, oferta também em restaurantes e vendido já pronto nos supermercados, em garrafa.

É difícil de fazer? Não.

Ingredientes

  • Pisco (2 a 3 doses);
  • Xarope de açúcar (1 dose);
  • Sumo de limão (1 dose);
  • Clara de ovo (meia);
  • Gelo (seis pedras);
  • Angostura (até 4 gotas, 2 são suficientes)

Metodologia

  1. Num liquidificador colocar o pisco, o xarope, o limão e a clara de ovo;
  2. Acrescentar o gelo;
  3. Bater durante 5 segundos, ou até o gelo “desaparecer”;
  4. Servir até um terço do copo, agitar o copo do liquidificador e servir até ao topo;
  5. Acrescentar as gotas de angostura por cima da espuma (se não encontrarem angostura não faz mal, é uma mistura de ervas)

Esta é a receita peruana, a chilena é igual, exceto na clara de ovo. Os chilenos servem o pisco sour sem o ovo. Quem tem medo de arriscar com ovos crus pode sempre beber a versão chilena.

Há pisco à venda em Portugal nas lojas da especialidade. Não sabemos dizer se a qualidade é boa, mas não custa testar. Se não quiserem que a primeira experiência seja pela vossa “mão”, basta encontrar um qualquer bar com cocktails ou um restaurante peruano (por exemplo: Cevicheria, Segundo Muelle).

É sempre melhor o cocktail artesanal do que o vendido pronto. Nós gostamos, portanto esperemos ter aguçado a vossa curiosidade.

Nota: em Portugal não será uma bebida barata (tanto o pisco como angostura não são baratos). Para terem uma ideia uma garrafa de 70cl ronda os 25€.

pisco-sour
Pisco Sour vendido preparado em garrafa

Outros artigos sobre cozinhas do mundo:

Ceviche

Patacones

Chifles

Este artigo pode conter links afiliados

Spread the love

365 DIAS NO MUNDO

Somos um casal de viajantes com uma lista de viagens por realizar que está sempre a crescer. Juntos viajamos para conhecer a história, a cultura, as pessoas e a gastronomia de outros lugares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: