O NOSSO MAIOR ERRO NA TURQUIA

Sem dramatismos, mas falhámos redondamente numa coisa nestas férias. Não escolhemos o melhor método para a parte cultural das férias. Ou seja, em todos os monumentos a que íamos, pagávamos o bilhete individualmente e, apesar de vermos as publicidades do Müzekart, nunca nos sentámos para verificar o site e fazer contas. Em Istambul dizíamos sempre: “nah, não vamos fazer isto tudo. não compensa”, mas ao terceiro dia fizemos as contas por alto e já tinha compensado. Depois, chegámos a Pamukkale e também estava incluído no cartão nacional. Aí, olhámos um para o outro e percebemos que falhámos. Não foi grave, mas teríamos poupado o valor de uma ou duas refeições (que também são económicas na Turquia).

Então, o que é o Müzekart? É um cartão que pode ser comprado por cidades/regiões ou para todo o território nacional e permite entrar sem custos adicionais nos museus incluídos, em fast track e durante vários dias.

Preços:

O Museum Pass:

  • Turkey – 315 TL – cerca de 50€ (válido durante 15 dias);
  • Istambul – 185 TL (válido durante 5 dias);
  • Cappadocia – 110 TL (válido durante 3 dias);
  • The Aegean – 185 TL (válido durante 7 dias);
  • The Mediterrean – 185 TL (válido durante 7 dias);

O MüzeKart custa 70TL

Compra-se nas próprias atrações ou na internet no site.

Museus incluídos:

Istambul:

  • Hagia Sophia
  • Palácio e Harem Topkapi
  • Museu Chora
  • Museu de arqueologia
  • Museu do Mosaico
  • Museu da História da Ciência e Tecnologia do Islão
  • Museu das Artes Turcas e Islâmicas
  • Rumeli Hisari
  • e muito mais

DSC_7904

Çanakkale:

  • Museu da Arqueologia
  • Museu de Troia
  • Ruínas de Assos
  • Museu Arquelógico do templo de Apolo
  • e outros

Denizli:

  • Ruínas de Laodiceia
  • Sítio arqueológico de Hierapolis, incluindo Pamukkale
  • Piscinas de Cleoptara em Hierapolis
  • e outros

DSC_8878

Izmir:

  • Sítio arqueológico de Pergamos
  • Basílica de Bergama
  • Sítio arqueológico de Efesus
  • Terraços de Efesus
  • Basílica de são João

Epheso

Mugla:

  • quase 3 dezenas de atrações, entre museus e ruínas

DSC_9610

Ankara:

  • Museus das Civilizações
  • Museu Etnográfico
  • Banhos romanos
  • e muito mais

Konya:

  • Museu Atatürk
  • Museu Mevlana
  • Museu Arqueológico
  • Museu Etnográfico
  • e outros

Nevsehir (Capadócia):

  • Os museus ao ar livre (Zelve e Goreme, basta ver um)
  • As cidades subterrâneas (inclui três, mas basta ir a uma)
  • e outras

DSC_0770

Antália:

  • Castelo
  • Várias ruínas (Olympus, Perge, Patra, Myra)
  • Museu de são Nicolau
  • Gruta de Karain
  • e muito mais

Colocamos aqui as atrações que conhecemos, as mais consensuais, mas há muito para ver por todo o país. Há atrações que não estão incluídas, principalmente em Istambul, como a Torre Galata ou o Palácio Dolmabahçe (obrigatório ir).

Na nossa opinião vale a pena comprar o cartão para toda a Turquia durante 15 dias. Em poucos dias recuperam o investimento e começam a poupar. Se não são pessoas de ir a muitos museus é fácil fazer as contas no site porque cada atração tem o preço fora do “pacote”, bastando somar.

365 dias no mundo estiveram 15 dias na Turquia, de 30 de setembro a 14 de outubro de 2018

Spread the love

Raquel

Gosto de viajar depressa ou devagar. Gosto de conhecer pessoas, de ouvir as suas histórias, de experimentar as comidas dos países que visito. Falo pelos cotovelos e tenho uma lista de sítios a conhecer que todos os anos duplica de tamanho. Não gosto de desporto, mas de vez em quando perco a cabeça e experimento algum novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: