BUCKET LIST 2019

Spread the love

A momondo perguntou-nos onde queríamos ir em 2019, e temos pensado… Será que é desta que vamos à Ásia? E regressar a África? Falta-nos tanta Europa e ainda temos muito para conhecer na América do Norte. Não é uma escolha fácil. Quando voltámos em 2017 da nossa viagem de 5 meses, decidimos que íamos regressar a um emprego convencional. Ora, trabalho em Portugal é sinónimo normalmente de 22 úteis dias de férias, o que bem distribuídos dão 49 dias de calendário. Há inúmeros bloggers portugueses que vos falam nisto, mas, se 22 dias se transformam em mais do dobro do gozo é de imaginar que TODA a gente queira marcar férias nas mesmas alturas e aí entra normalmente a prioridade ou antiguidade. Portanto, temos ZERO planeado.

Calma, temos sonhos! Aqui a momondo tem sido uma das APPs que a Raquel mais usa para testar o mercado europeu de fim de semana.

Queremos mesmo ir a Copenhaga porque temos lá a irmã do Tiago. O Tiago conhece bem a cidade do seu período de Erasmus e a Raquel tem muita curiosidade. O Tiago quer mostrar à Raquel Nyhavn, o Tivoli, o museu nacional, Christiania, queremos andar de bicicleta, etc.

max-adulyanukosol-586977-unsplash

Queremos regressar a Amesterdão, passámos meia dúzia de horas por ali e sabemos que não chega. O museu de Anne Frank desperta-nos a curiosidade, queremos comprar tulipas, ir aos arredores da cidade. Queremos ir aos museus, ver novamente a praça já sem as míticas letras, que foram retiradas no final de 2018, ver o mercado de flores, etc.

 

dsc_1141

Queremos fazer praia como deve ser, sem objetivos, sem ter que fazer check-out na manhã seguinte para trocar de cidade. Estamos curiosos com Cuba (a Raquel) ou Jamaica (falámos aqui como é um destino muito aclamado nos prémios de 2018). A Raquel tem vontade de ir ao sul de Cuba, de conhecer o lado mais natural do país, sem os resorts. Também estamos a considerar a opção de visitar as Maurícias ou Madagáscar, despertando-nos o interesse pela sua diferença face aos países do continente que conhecemos.

E sem viagens de avião, queremos percorrer a Estrada Nacional N2, já com os nossos passaportes em mão. Chegaram agora em janeiro e devemos dar desde já os parabéns à Associação de Municípios que o desenvolveu.

O nosso planeamento inicial passava por uma viagem mais longa pela Ásia com uns amigos, aqui é difícil escolher. Myanmar e os seus templos, Borneo e a sua pureza menos explorada, ou Vietname e Cambodja, mais habituais nos roteiros. Ou até o Sri Lanka, com as suas longas linhas de comboio, os campos de chá.

jaromir-kavan-1203403-unsplash

Se gostam de viajar como nós, têm de experimentar utilizar a momondo para vos ajudar no planeamento, nós usamos principalmente na procura de voos, mas podem também encontrar hóteis ou reservar carros. Para vocês não muda nada, mas a nós ajuda-nos se seguirem o nosso link para chegar ao site, é só clicar aqui.

Posrt escrito ao abrido do programa Open World Travelers da momondo.

Raquel

Gosto de viajar depressa ou devagar. Gosto de conhecer pessoas, de ouvir as suas histórias, de experimentar as comidas dos países que visito. Falo pelos cotovelos e tenho uma lista de sítios a conhecer que todos os anos duplica de tamanho. Não gosto de desporto, mas de vez em quando perco a cabeça e experimento algum novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: