CERTIFICADO DIGITAL COVID (UE)

(actualizado a 02/07/2021)

Quem tem saudades de viajar? Quem tem voos pendentes desde 2020? Calma, apesar de ainda estarmos em pandemia, estamos mais perto de viajar livremente. É o que se pretende dentro da UE. Por isso, já sabemos que vamos ter um Certificado Digital COVID, válido dentro da União Europeia. Este certificado digital COVID indicará três casos: o titular está completamente vacinado, foi testado e está negativo ou recuperou de COVID, até 180 dias depois do teste positivo.

O certificado digital de testagem aplica-se nos testes moleculares RT-PCR, RT-PCR em tempo real, mas também nos testes moleculares rápidos. A Raquel, vacinada com as duas doses, já emitiu o certificado digital COVID dela e por isso vamos dizer os passos.

Passo a passo

Aceder à página do SNS24. Na página podem ler as FAQ e tirar algumas dúvidas ou então aceder ao certificado digital covid.

pagina sns24 certificado digital covid

pagina SNS 24 obter certificado digital

Emitir o certificado é fácil. Em primeiro lugar definem o tipo de certificado: vacinação, testagem ou recuperação. Depois colocam data de nascimento e numero de SNS (está no Cartão de Cidadão). Por fim, submetem o pedido e recebem por e-mail e SMS um código que devem inserir. E ali está ele.

sns24 aceder ao certificado digital covid

No caso da vacinação diz a data da última vacina (se for de duas doses), laboratório, nome da vacina e mais algumas informações.

exemplo certificado digital covid

O certificado de testagem indica a data e hora da colheita, tipo de teste, centro de testes, data e hora do resultado e o resultado.

Por fim, o certificado de recuperação indica a data do resultado positivo, o emissor do certificado, data de emissão e a validade do certificado.

Para pessoas que tiveram COVID e que só precisam de uma dose de vacinação, o certificado também diz essa informação.

Para que serve?

O Certificado Digital COVID da UE visa facilitar a circulação segura e livre na União Europeia durante a pandemia de COVID-19, promovendo a não aplicabilidade de medidas e restrições adicionais impostas pelo país de destino aquando de uma viagem, nomeadamente procedimentos de testagem e quarentena/isolamento profilático obrigatório, exigidos à chegada ao país de destino.

SNS24

Ainda não sabemos bem se será aplicado exactamente desta maneira. Fica no ar se alguns dos países da UE poderão impor testagens ou quarentena na mesma. Apesar disso, entra em vigor 1 de julho, na UE, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça.

Este artigo pode conter links afiliados

Spread the love

365 DIAS NO MUNDO

Somos um casal de viajantes com uma lista de viagens por realizar que está sempre a crescer. Juntos viajamos para conhecer a história, a cultura, as pessoas e a gastronomia de outros lugares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: