COZINHAS DO MUNDO – APFELSTRUDEL (ÁUSTRIA)

Eu (Raquel) estava sozinha em Viena, para o congresso europeu de radiologia, e já conhecia o Palácio Schönbrunn. Faltava aprender a fazer a famosa tarte de maçã (apfelstrudel) e o strudelshow existe para isso. Sem mala (só viria a chegar nesta noite) segui até ao Palácio e entrei no café Residenz, à esquerda. Era a única cliente, mas isso não inibiu o chef de me ensinar passo a passo como fazer esta sobremesa.

chef strudelshow cafe residenz

Foi sempre super animado e eficaz. Como resultado de ter assistido ao show sozinha, para além da fatia incluída trouxe-me uma caixa de strudel para partilhar com o Tiago que chegava mais tarde. Foi um dinheiro bem gasto, apesar de não me sentir apta a tentar replicar a receita em casa. É óbvio que mesmo assim a meio do congresso passei na mesma no Café Central para mais uma fatia com colegas.

E o que é o apfelstrudel? No fundo, no fundo é uma tarte de maçã com passas enrolada em massa folhada. Foi inventada no século XVIII durante o império dos Habsburg. O apfelstrudel foi servido para a imperatriz Maria Theresia e hoje é conhecido internacionalmente. A receita mais antiga (1696) está na Biblioteca Nacional da cidade. 

Receita de apfelstrudel

Ingredientes:

Strudel:

  • 250g de farinha;
  • 2g de sal;
  • 1 ovo;
  • 100g de água morna;
  • 20g de óleo;

Recheio:

  • 100g de pão ralado;
  • 50g de manteiga:
  • 170g de passas;
  • 10g de sumo de limão;
  • 1kg de maçãs descascadas e cortadas em fatias;
  • 140g de açúcar;
  • 10g de canela;
  • 1 shot de rum;

Metodologia:

  1. Misturar todos os ingredientes da massa e amassar até que ela se desprenda das mãos e mesa;
  2. Formar uma bola e deixar a massa repousar 30 minutos em óleo;
  3. Por a massa sobre um pano coberto de farinha e esticar formando um retângulo;
  4. Esticar a massa com as mãos até ficar muito fina, mas sem buracos;
  5. Numa frigideira derreter a manteiga e acrescentar o pão ralado;
  6. Deixar dourar;
  7. Misturar o pão ralado com os restantes ingredientes;
  8. Colocar o recheio sobre a massa e enrolar com cuidado;
  9. Fechar as pontas;
  10. Pôr o apfelstrudel num tabuleiro e levar ao forno a 190º até ficar dourado.
  11. Tirar do forno e pincelar com manteiga;
apfelstrudel

O normal é ser servido com molho de baunilha e quente, como no Café Central. Aliás, se querem comer o apfelstrudel num ambiente de requinte e cheio de história é aqui, na praça Albertina.

Não precisei de reservar, foi só chegar antes da hora e descer as escadas do Café Residenz. O site permite reservar.

Preço:

  • 6€ show com uma fatia de apfelstrudel;
  • 11,5€ show com fatia e bebida quente;
  • inclui um chapéu de pasteleiro de papel e a receita em inglês.

Horário:

De hora a hora das 11 às 16h.

apfelstrudel

365 dias no mundo estiveram em Viena de 28 de fevereiro a 5 de março 2018

Este artigo pode conter links afiliados

Raquel

Gosto de viajar depressa ou devagar. Gosto de conhecer pessoas, de ouvir as suas histórias, de experimentar as comidas dos países que visito. Falo pelos cotovelos e tenho uma lista de sítios a conhecer que todos os anos duplica de tamanho. Não gosto de desporto, mas de vez em quando perco a cabeça e experimento algum novo.

4 thoughts on “COZINHAS DO MUNDO – APFELSTRUDEL (ÁUSTRIA)

  1. A sério? Estive no Schonbrunn e não fiz esse show strudel que desconhecia. Não sou grande fã desse doce, ou tive azar nas minhas tentativas (na Demel, pastelaria centenária que fornecia a família imperial). No café central, provei o bolo da casa e adorei, gostei ainda mais do que a Sacher Torte

    1. Nunca provámos a Sacher Torte. Vale a pena? Nós gostamos com o creme de baunilha por cima, morna.
      Deve ser uma coisa pouco divulgada, não estava mais ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: